[RESENHA] Entre o agora e o nunca - J.A. REDMERSKI

março 14, 2019

Olá Pessoal! 
Finalmente um resenha...A primeira de muitos esse ano.


Romance/New Adult/ 359 Páginas/Editora: Suma de Letras
SINOPSE
Camryn é uma jovem de 20 anos que está passando por momento complicado em sua vida, tudo em sua vida está dando errado, seus pais se separam, seu irmão foi preso e seu sonho de viajar pelo mundo desmoronou, após a morte de seu namorado Ian. Após pensar em sua vida, Camryn larga seu emprego em uma loja e embarca em ônibus sem destino. Em um terminal de outro estado ela conhece Andrew, um jovem sedutor e misterioso, que ajuda Camryn a encontrar seu caminho e devolve sua vontade de viver.




Entre o agora e o nunca é um livro que você entra de cabeça e esquece que é um livro de ficção e não uma autobiografia de um personagem da vida real. Você sente raiva, suspira e tem vontade de estar junto.

Para falar a verdade eu embarquei junto com a Camryn, no ônibus, e realmente conheci os estados junto com ela. É o meu primeiro livro que eu li da autora, J.A. Redmerski, e já não vejo a hora de dar continuidade nos próximos livros. Narrado em capítulos e que alternam entre os personagens, o livro te conquista nas primeiras páginas. 

Esse tipo de gênero literário (New Adult) não faz muito meu estilo, eu raramente pego para lê-los, mas esse livro é bem diferente.




Camryn, é uma Jovem de 20 anos que está começando a viver, está na fase de conhecer pessoas, descobrir os perigos do mundo e quem nem tudo é fácil. Nossa personagem é bem montada, assim nós saímos do mundo fictício e entramos no mundo real. Camryn enfrenta tudo sozinha, Depressão, medo, descobertas e desafios. Um dos pontos importante na história é a convivência com sua amiga Natalie (Nat), as duas se conhecem a muitos anos, Nat é uma amiga que ajudar, mais também seus problemas no seu relacionamento, atrapalha sua amizade com Camryn, isso nos leva a pensar que: Em quem devemos acredita? Em umas pessoas que conhecemos a vida toda ou simplesmente em uma paixão? Isso é questionado na amizade das duas. 


‘’-Não é só questão de tristeza. Na verdade, a tristeza tem bem pouco a ver. Depressão é dor em sua forma mais pura, e eu faria qualquer coisa para sentir alguma emoção de novo. Qualquer emoção.  A dor machuca, mas com uma dor tão poderosa que você não consegue sentir mais nada, é aí que você começa a achar que está enlouquecendo. ’’


Até que aparece Andrew, um jovem de   25 anos que diferente de Camryn, ele tem uma bagagem grande de experiência, Andrew é bonito, misterioso, e não tem ninguém para se apagar. Quando Andrew entrou na história, fiquei um pouco desconfiada   do seu jeito misterioso, que parece que não quer nada com nada.  Fiquei um pensando várias vezes que a   qualquer hora sua máscara ia cair. Pensei várias vezes:  ‘’não é possível que ele seja tão bonzinho assim. ’’ No livro sua torcida vai para Camryn, porque você se envolve tanto e que acaba querendo toda a felicidade para ela.  Andrew por mais   forte que seja e demostre isso, ele também está pensando por momento difícil em sua vida, e isso acaba deixando nosso coração de leitor mais tranquilo, e no   final você acaba torcendo para a felicidade dos dois.


‘’-Viva o momento, aqui, onde tudo está certo, vá com calma e limite suas más lembranças e você chegará ao seu destino, seja qual for, muito mais rápido e com menos acidente no percurso. ’’

Todo o livro é feito com emoção, adrenalina e você se envolve muito com os personagem. Você torce, ri, sente aquela vergonha, eu mesma fechei o livros algumas vezes para respirar, sente raiva, você fica pensando: Nossa porque não fala logo? mais isso a autora consegue nos explicar no final. 






You Might Also Like

0 comments